Você está com a grana curta e acha que consegue cuidar do cabelo em casa, seguindo apenas as recomendações de uso do rótulo. Já deu certo com a sua amiga, por que não daria com você? Essa é a lógica que muitas usam.

No entanto, não podemos seguir esse tipo de lógica pelo simples fato de que somos diferentes. Você pode ser alérgica a algum produto ao qual a sua amiga não é, o seu cabelo é menos resistente que o dela ou mais. Enfim, há uma série de fatores que devem ser considerados na hora de cuidar das madeixas e que apenas um bom profissional conhece.

Quais são os riscos dos tratamentos caseiros ou de usar produtos profissionais em casa? É sobre isso que nós vamos tratar agora, portanto fique ligada!

Com tantos truques, dicas milagrosas e blogueiras com os cabelos perfeitos, quem precisa ir ao salão de beleza? Algumas dicas podem ser bem úteis, mas é preciso tomar cuidado com tudo o que vê na internet.

1. Tratamentos que são apenas mitos

Vitamina A

Já ouviu falar que misturar ampola de vitamina A no condicionador proporciona mais brilho aos fios? Pois é, isso não funciona e sabe por quê? Porque a fórmula da ampola e a do condicionador costumam não se misturar e, assim, não conseguem oferecer o efeito esperado.

O melhor mesmo é optar por um produto indicado por especialista.

Limão

E usar limão nos fios enquanto enxagua? Essa é uma dica que, além de ser um grande mito, é muito perigosa! 

O limão é rico em substâncias ácidas que podem manchar quando em exposição ao sol e ainda promover queimaduras sérias. Portanto, melhor não arriscar.

2. Alisamentos caseiros

Entrando na onda dos fios lisos, muitas pessoas usaram produtos químicos para alisar os cabelos. Entretanto, como é um procedimento que precisa ser feito periodicamente, em média a cada três meses, muitas mulheres acabam decidindo não mais gastar dinheiro com o salão e decidem fazer o procedimento em casa.

Como são produtos que contêm formol e que oferecem riscos para a nossa saúde, não devem ser aplicados em casa. Alguns deles têm formulações específicas e, por isso, devem ser aplicados em tipos compatíveis de fios. Aplicá-los de forma errada pode trazer uma série de problemas:

  • lesão ao couro cabeludo;
  • fios que se partem;
  • cabelos emborrachados;

3. Receitas caseiras

Há muitas e boas receitas caseiras pela internet, mas ainda assim é necessário ser cautelosa. Por exemplo, leite, mel, camomila e outras substâncias naturais constantemente aparecem na lista. O uso de tais substâncias exige certos cuidados — o mel, por exemplo, é péssimo para ser removido, sendo que o ideal é misturá-lo com um creme e aplicar nos cabelos.

Já o chá de camomila é muito usado para deixar os fios mais claros, mas se os seus fios loiros são provenientes de tintura não adianta aplicar. O chá só funciona em cabelos virgens.

Há muitas coisas que as receitas da internet não costumam mostrar e que apenas um profissional sabe. Usar produtos caseiros ou fazer tratamentos sem ajuda pode ser um barato que pode custar bem caro.

Quer ficar ligada em todas as novidades e aprender mais sobre como cuidar do cabelo? Então não deixe de nos seguir nas redes sociais: FacebookInstagram e YouTube.